Siga a Rolex no WeChat por meio da leitura do código QR.

Sonya Yoncheva

Todo Rolex conta uma história

A soprano búlgara, Sonya Yoncheva, teve uma rápida ascensão à fama nos últimos anos. Em 2010, ela conquistou o primeiro prêmio e o prêmio especial CulturArte na Operalia, a principal competição de ópera do mundo, fundada pelo Embaixador Rolex, Plácido Domingo. Não demorou muito para que Sonya Yoncheva assumisse papéis de protagonista por toda a Europa. Em 2013, dentre suas diversas atividades, ela se apresentou na Opéra national de Paris no papel-título de Lucia di Lammermoor. Seus status como uma das jovens estrelas de ópera mais fascinantes do mundo foi comprovado, e o seu relógio Rolex é um lembrete eterno da cidade que ajudou a lançar sua carreira.

“Eu nunca poderia ter imaginado aonde a minha careira me levaria, eu só queria dar orgulho para a minha família.”

A minha música é uma das formas de arte mais completas, pois a ópera combina o teatro, a música, o conhecimento e a tradição. Ela não somente traz sabedoria, mas paz. Ela proporciona momentos incríveis e sensações no palco tanto como artista quanto como ouvinte. É uma experiência incrível.

A minha mãe me iniciou na música, eu creio que ela provavelmente tinha alguma intuição de que eu poderia fazer do canto o meu mundo — e ela tinha razão. Ela me deu o poder de acreditar em mim e sacrificou muito para que eu pudesse realizar os meus sonhos. Eu nunca poderia ter imaginado aonde a minha careira me levaria, eu só queria dar orgulho para a minha família

“Este relógio Rolex me acompanhou nos últimos anos e em muitas de minhas atuações.”

O relógio Rolex de Sonya Yoncheva

Eu estreei na Cité de la Musique de Paris em 2007 como uma cantora barroca, a música da minha juventude. Esta estreia lá foi um momento especial e em seguida todas as minhas grandes estreias também foram em Paris. Eu estrelei em Lucia di Lammermoor na Opéra de Paris. Esse foi realmente um ponto alto da minha carreira pois marcou a primeira vez que eu tentei o repertório do Bel canto. Faz somente alguns meses eu voltei a Paris para atuar em Don Carlos. Isso também foi um grande reconhecimento de tudo o que consegui conquistar até agora.

Eu adquiri este relógio Rolex em Paris em 2016 e me apaixonei imediatamente por ele, pois é elegante e clássico. Foi provavelmente o destino, pois Paris sempre esteve conectada com a minha carreira – foi o local de várias atuações que marcaram minha carreira. Este relógio Rolex me acompanhou nos últimos anos e em muitas de minhas atuações. Muitas viagens, entrevistas incríveis, atuações, ensaios. Ás vezes, os ensaios são mais agradáveis ou até mais importantes do que o espetáculo. Atualmente, este relógio me acompanha em todos os momentos da minha vida.

“Meu relógio representa o meu trabalho duro ao longo da minha carreira e também muitos dos sacrifícios que a minha família fez por mim.”